(48) 3221-2726
imprensapadrepedro@gmail.com
Projetos e Lutas

Você está em: Início  Projetos e Lutas  Rota Catarinense da Uva e do Vinho

 Rota Catarinense da Uva e do Vinho

Um programa específico voltado ao enoturismo no Estado é a proposta do projeto de lei 208/2015, apresentado pelo deputado Padre Pedro Baldissera (PT). A matéria sugere a criação da Rota Catarinense da Uva e do Vinho, com um plano específico para desenvolver as cinco principais regiões produtoras do Estado (Sul, Serra, Meio Oeste, Oeste e Vale). Foi aprovado por unanimidade em dezembro de 2015 e transformado na Lei 16.873/2016, sancionado em 16 de janeiro de 20166

A ideia é um programa semelhante ao adotado na região vitivinícola da Serra gaúcha, que com um roteiro e investimentos em atividades nos municípios produtores alavancou diversos setores da economia. “Temos mais de 30 municípios em SC com produção comprovadamente qualificada, mas que carecem de um programa que incentive o enoturismo e todos os setores que estão no seu entorno”, explica Padre Pedro.

Na justificativa da Proposta, o parlamentar lembra que em diferentes regiões vitivinícolas do mundo o enoturismo é concretizado através das Rotas de Vinho. “Torna a atividade mais organizada e competitiva e caracteriza-se por ser uma forma de articulação da vitivinicultura com outras atividades, com destaque para o aproveitamento turístico do ambiente rural”, argumenta.

Debate iniciou ainda em 2008

Padre Pedro explica que desde 2008, durante os debates da Feira Camponesa da Uva e do Vinho, em Tangará, especialistas do Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin) e representantes de agricultores e vinícolas apontam a necessidade de uma rota oficial no Estado, com um calendário de atividades. “Conseguimos a aprovação do Dia do Vinho e criamos a Mostra Catarinense do Vinho, que aconteceu de 2010 a 2014. Agora queremos avançar para um calendário vinculado a esta rota, que garante visibilidade e também atrações para alavancar estas regiões produtoras”, explica.

A ideia do projeto é provocar um efeito dominó em outros setores da economia, em especial a hotelaria e as pequenas e médias agroindústrias, artesãos, núcleos de produção em comunidades locais e tradicionais relacionadas à vitivinicultura. “Nós tivemos ótimos resultados com as quatro Mostras do Vinho Catarinense que realizamos em Florianópolis, mas o objetivo agora é criar um roteiro estadual, que leve as pessoas às regiões. O ciclo envolve famílias da agricultura, vinícolas, restaurantes, meios de hospedagem”, complementa Padre Pedro.

O parlamentar lembra que a Secretaria de Turismo do Estado já montou um Grupo de Trabalho para debater o apoio ao setor vitivinícola, e que o projeto segue esta linha de atuação. O texto está aberto à colaboração de especialistas e das entidades que já atuam na área vitivinícola, além daqueles que já participaram de discussões envolvendo o tema.

Santa Catarina é o segundo em produção de vinhos

Conforme a publicação Panorama da Vitivinicultura Brasileira, de 2012, editada pela Embrapa Uva e Vinho, Santa Catarina ocupa a quarta posição na produção de uvas do País (70.909 toneladas em 2012), e a segunda posição na produção de vinhos. Dados da Superintendência Federal da Agricultura do Estado apontam uma produção de 21,18 milhões de litros de vinhos.

VEJA O TEXTO DO PROJETO APROVADO

http://www.alesc.sc.gov.br/expediente/2015/PL__0208_4_2015_Original.pdf



Deputado Estadual Padre Pedro Baldissera - Política a Serviço da Vida. © 2017. Todos os direitos reservados.

Acessar Webmail