(48) 3221-2726
imprensapadrepedro@gmail.com
Sala de Imprensa

Você está em: Início  Sala de Imprensa  Seminário em Palhoça terá debates…

 Seminário em Palhoça terá debates sobre preservação no Dia da Água
Publicado em 21 de Março de 2018

Um Seminário do Projeto Rios marca a passagem do Dia da Água nesta quinta-feira (22), na região Metropolitana de Florianópolis. As palestras, debates e oficinas acontecem em Palhoça, das 8h às 11h 30 (Palhoção – Rua Alfredo de Brum, Centro), e são voltados a comunidades que integram a Bacia dos Rios Cubatão/Pilões. O seminário, que tem a participação de especialistas, integrantes do Projeto e do presidente do Fórum para Preservação do Aquífero Guarani, deputado Padre Pedro Baldissera, coloca em pauta a luta pela preservação da água a partir da situação dos rios e córregos no Estado.

A programação inclui palestras do biólogo e mestre em Geografia pela UFSC, José Olímpio da Silva Junior, do representante do Comitê Rio Tijucas/Biguaçu e a apresentação do projeto Rio por um dos coordenadores, Fernando Anísio Batista, que representa a Ação Social Arquidiocesana (ASA), uma das entidades que promove a ação junto de CNBB, MAB, Fórum do Aquífero Guarani e Cáritas. O trabalho ainda tem o apoio do Comitê Bacia Tijucas/Biguaçu e de instituições de ensino superior.

“No Dia da Água, em todos os anos, buscamos promover e nos engajar a debates com estudantes, comunidades e lideranças. A ideia é multiplicar a urgência de medidas de recuperação e preservação. Nosso Estado já sofre com a falta de água e a situação se agrava a cada ano”, afirmou Padre Pedro, que também destacou o protagonismo das comunidades na realização do Projeto Rios.

Projeto Rios

Implementado na Espanha, França e Portugal há mais de uma década, o Projeto Rios é baseado no envolvimento voluntário da sociedade no diagnóstico, recuperação, preservação e fiscalização de trechos dos rios que são importantes para as comunidades. Em Santa Catarina o projeto iniciou em setembro de 2017. Depois de seminários em três municípios e atividades de capacitação para monitores, o primeiro grupo já reuniu-se, na praia do Campeche. Na atividade de organização, contou com a presença do Doutor em Engenharia do Ambiente, e responsável pela implantação do projeto Rios em Portugal, Pedro Teiga.

Método

O trabalho do projeto Rios começa na formação de uma equipes, nas comunidades, que terão como foco a adoção de um trecho de rio ou córrego. O grupo assume o compromisso de realizar uma visita por mês no trecho do rio adotado, realizando um diagnóstico simples, como identificação da cor e do cheiro da água, presença de fauna e flora, contaminação com lixo, entre outras variáveis. Depois disso, em conjunto com especialistas que dão suporte ao projeto, são definidas medidas para proteção do rio. As atividades vão desde a conscientização até ações objetivas, como a recuperação da mata ciliar, limpeza e fiscalização de casos de poluição.

PROGRAMAÇÃO

8h - Credenciamento e abertura

8h 30 - Apresentação do Projeto Rios e a interferência do ser humano na natureza

9h - Rios e Biomas

Palestrante - José Olimpio da Silva Junior -

Ciências Biológicas (UFSC) - Mestre em Geografia (UFSC)

10h – Bacia Hidrográfica do Rio Cubatão e Pilões: formação e o Plano dos Recursos Hídricos

- Palestrante: Willian Wollinger Brenuvida

Jornalista - Representante do Comitê Rio Tijucas/Biguaçu

11h – Apresentação do Projeto Rios na Arquidiocese de Florianópolis

- Palestrante: Fernando Anísio Batista - Coordenador da Ação Social Arquidiocesana (ASA) - PROJETO RIOS

11h 15 – Debates sobre o Projeto Rios

11h 30 – Encerramento



Deputado Estadual Padre Pedro Baldissera - Política a Serviço da Vida. © 2018. Todos os direitos reservados.

Acessar Webmail