(48) 3221-2726
imprensapadrepedro@gmail.com
Sala de Imprensa

Você está em: Início  Sala de Imprensa  Sessão Especial comemora 31 anos da…

 Sessão Especial comemora 31 anos da Cinemateca Catarinense
Publicado em 19 de Junho de 2017

Uma sessão especial, a partir das 19h de segunda-feira (19), no Plenário da Assembleia Legislativa de Santa Catarina, comemora os 31 anos de Fundação da Cinemateca Catarinense. A homenagem foi proposta pelo deputado Padre Pedro Baldissera, e aprovada por todos os parlamentares.

A Cinemateca Catarinense foi fundada em 1986 por um grupo de jovens que queriam fazer e pensar cinema. Na sua raíz, desde a ata de Fundação, as intenções em pesquisar, produzir, formar, difundir e preservar filmes foram as atividades que consolidaram a instituição em seus primeiros anos.

Depois do movimento de Armando Carreirão, nos anos 50, que trouxe a produção do primeiro longa-metragem e teve o primeiro cineclube em Santa Catarina, foram os fundadores da Cinemateca Catarinense que retomaram a produção cinematográfica no estado, na época intitulada como Novo Cinema Catarinense.

As primeiras e principais ações do grupo foram a pesquisa sobre cinema catarinense, transformada em livro por Zeca Pires e Norberto Depizzolatti (O cinema em Santa Catarina,1987), 1ª Mostra de filmes catarinenses, com a presença de Sylvio Back, 1ª Mostra do Novo Cinema Catarinense, em Joaçaba, lançamento no sul do país do filme Nem tudo é verdade , com a presença do diretor Rogério Sganzerla, debate sobre Cinema Nacional com Cacá Diegues, Curso de roteiro, com Leopoldo Serran, Curso de Cinema de Animação, com Máximo Barro, entre outras participações em festivais e mostras que aproximaram Santa Catarina do circuito nacional.

Essas ações tiveram continuidade e ampliação e, ao longo dos anos, a Cinemateca Catarinense promoveu um curso de cinema no departamento de Jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina que deu origem ao Curso de Graduação em Cinema, criou o Fundo Municipal de Cinema de Florianópolis – FUNCINE e apoiou a fundação de diversas instituições como Museu da Imaqem e do Som de Santa Catarina, Sintracine (Sindicato dos Trabalhadores da Indústria Audiovisual) e Santacine (Sindicato da Indústria Audiovisual de Santa Catarina).

A instituição também criou, junto à Fundação Catarinense de Cultura, oEdital Prêmio Catarinense de Cinema que, desde 2001, fomenta a realização audiovisual catarinense através de premiação para longas e curtas-metragens, documentários, vídeos, pesquisas de roteiro e desenvolvimento de projetos.

O deputado Padre Pedro destacou que a Cinemateca fortalece a produção e difusão do cinema e audiovisual em Santa Catarina. “A Cinemateca estimula e impulsiona esta arte no Estado, e merece o reconhecimento e o apoio por parte do Legislativo”, afirmou o parlamentar.



Deputado Estadual Padre Pedro Baldissera - Política a Serviço da Vida. © 2017. Todos os direitos reservados.

Acessar Webmail