(48) 3221-2726
imprensapadrepedro@gmail.com
Sala de Imprensa

Você está em: Início  Sala de Imprensa  Padre Pedro questiona interferência…

 Padre Pedro questiona interferência privada na implantação de centro de oncologia em SMO
Publicado em 17 de Maio de 2017

O deputado estadual Padre Pedro Baldissera questionou, nesta terça-feira (16), no plenário da Assembleia Legislativa, a interferência de interesses de grupos privados na implantação do centro de oncologia no Hospital Regional do Extremo Oeste, em São Miguel do Oeste. O parlamentar afirmou que recebeu inúmeras reclamações de que entes privados estariam emperrando o projeto de construção do Centro de Oncologia em São Miguel do Oeste e causando o atraso no projeto.

Segundo o parlamentar, o andamento da implantação do atendimento oncológico em São Miguel do Oeste sofreu atraso, claramente, em razão desta pressão direta e indireta por parte de interesses particulares. O motivo seriam os recursos de eventuais repasses para este novo Centro, em São Miguel do Oeste, que vai absorver os pacientes da região.

“Consideramos este fato muito grave porque milhares de famílias se deslocam mais de 250 km para serem atendidas, passando por inúmeras dificuldades”, lamentou. Segundo o deputado, a população do Extremo Oeste reivindica há décadas um centro especializado de tratamento para pessoas com câncer. “Existe a necessidade urgente da instalação do espaço da oncologia para se atender com dignidade e eficiência as pessoas que precisam. Hoje na região são notificados mais de 900 casos de câncer por ano, mas os servidores e servidoras apontam que o número é maior”, diz.

Levantamento na região

Padre Pedro explica que, depois de receber questionamentos por parte de pacientes que estavam em tratamento, realizou um levantamento na região Extremo Oeste e Oeste. “Conversamos com pacientes, médicos, servidores e fizemos visitas às unidades. Também encaminhamos um pedido de informação à Secretaria de Saúde, que nos detalhou número de atendimentos, os projetos que estão em andamento. E que, aliás, confirmou a implantação do centro de oncologia em São Miguel”, destacou o parlamentar.

Reunidos os dados, conforme Padre Pedro, ficou claro que houve tentativa de inviabilizar o projeto para garantir que os recursos fossem centralizados em Chapecó. “Apesar de todo esforço por parte das equipes, o atendimento da oncologia em Chapecó está sobrecarregado, e isso é fato. Em um só dia encontramos várias pessoas que fizeram a cirurgia, mas somente iniciaram o tratamento muito tempo depois”, disse, lembrando que o atraso reduz as chances de cura, aumenta os custos e leva mais sacrifício para as famílias. O deputado afirmou que espera agora a concretização do planejamento para implantação do centro oncológico no Extremo Oeste.



Deputado Estadual Padre Pedro Baldissera - Política a Serviço da Vida. © 2017. Todos os direitos reservados.

Acessar Webmail